A data oficial do Agrupamento ao qual foi dado o número 231, sedeado na Paróquia de Santa Maria – Manteigas, é 04 de setembro de 1966, confirmada pela Ordem de Serviço Nacional, número 259.
Deveu-se, como aconteceu com centenas de outros Agrupamentos dispersos pelo país, à grande vontade de um grupo de pessoas determinadas que viram no escutismo a forma ideal para preparar para a vida crianças e jovens desta terra.
O Padre Francisco Salvado Gralha, primeiro e único Assistente até a atualidade, o falecido e saudoso Padre José Gabriel e membros da primeira Direcção do Agrupamento, Engenheiro Joaquim Gonçalves, José Leitão de Carvalho, José Mamede Cleto, com a colaboração preciosa nestes passos iniciais do então Assistente Nacional Adjunto, Monsenhor Ferreira da Silva, natural de Manteigas, foram os grandes obreiros do arranque.
Naturalmente, o movimento escutista foi seguindo em frente, servido por valiosos dirigentes, sucedendo-se as direções presididas pelo Engenheiro Gonçalves, José Leitão e Carlos Almeida, até que se entra num período difícil, principalmente devido à saída de alguns responsáveis. Valeu, nesta contrariedade, o apoio do Reverendo Assistente e a dedicação do Chefe Nogueira que, apesar de não ser Chefe de Agrupamento, acompanhado do Chefe António Lopes conseguiram evitar o pior. No entanto, havia que estruturar as secções e é o Padre Salvado quem chama três elementos da sua confiança que se preparam com a formação que era exigida na época.
O ano de 1986 marca o início para um considerável período de estabilidade, tendo como Chefe de Agrupamento Corsino Afonso de Sousa, de 1986 a 2002 e António Carvalho Lopes de 2002 a 2005.
Neste mesmo ano regista-se uma nova crise diretiva que abala, de certo modo, o Agrupamento. Chega a ser eleito António Craveiro Cleto, o qual se demite seis meses depois.
A Direção passa a ser liderada pela Adjunta do elenco anterior, Chefe Maria Manuela Guedes Correia e acompanhada de um grupo de elementos, estando o Agrupamento a atingir a normalidade, que será total a partir das novas eleições.
O trabalho realizado por este grupo de dirigentes tem sido importante e muito difícil, merecendo menção no historial da coletividade. São os Chefes: Elisabete Costa, Corsino de Sousa, Luís Martins e Lísia Rabaça.
Com a estabilização dos órgãos diretivos e instalados na espaçosa e funcional sede posta à disposição pela Fábrica da Igreja de Santa Maria é de ter a certeza da continuidade do Agrupamento e da entrada em dias melhores para os jovens e crianças que acompanhamos.


  • Morada: Largo do Senhor do Calvário - Apartado 35 6260 Manteigas
  • Email: geral.231@escutismo.pt
  • Direção:

    António Nogueira Ramos Lopes (Chefe de Agrupamento)
    António Carvalho Ribeiro Lopes (Chefe-Adjunto de Agrupamento)
    Serena Glória Lopes Cunha Martins (Secretária de Agrupamento)
    Lísia Maria Lopes Rabaça (Tesoureira de Agrupamento)

  • Número de Elementos: 45
  • Principais Atividades Desenvolvidas:

    Este Agrupamento conta com quatro secções: Lobitos, Exploradores, Pioneiros e Caminheiros. Cada uma delas têm uma reunião semanal. A Direção reúne também frequentemente. Além disso, as nossas principais atividades são: acampamentos, caminhadas, raides, dias regionais (das quatro Secções), colóquios, encontros, festas (de Natal, etc.), Via-sacra ao vivo, ateliers, participação em cursos de formação, participação na vida religiosa da paróquia e da localidade.